Do simples abraço ao Armeration

Posted: sábado, 20 de março de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
4

O Gol é o ápice do futebol, times lutam para fazer o seu e para impedir o do adversário e os técnicos quebram a cabeça em busca de táticas que facilitem a busca por ele. A comemoração é o momento de extravasar toda essa busca, de todo o duro trabalho ao longo da semana, é o momento único de cada atleta. Cada um comemora do jeito que se sentir melhor.

Ao longo dessa semana presenciamos um repertório variado de comemorações, desde as mais simples até o chamado “Armeration”. Vi comentarista renomados criticando tal postura, dizendo que são contra esses tipos de comemorações e que preferem o tradicional, ou seja, o salto do Pelé, o dedo indicador do Ronaldo, o ninar do Bebeto, o agradecimento ao Céu, etc. Não me levem a mal, também gosto muito dessas comemorações “simples”, mas não vejo mal nenhum do atleta comemorar junto a sua torcida dançando, jogando vídeo-game ou de uma outra forma inovadora.

Quero deixar claro que só não vejo mal nenhum em comemorar junto a sua torcida, mas comemorar, de qualquer forma, provocando a torcida rival acho errado. Vivemos um momento de que qualquer motivo é razão para esses vândalos uniformizados protagonizarem cenas de guerra nos estádios e em seus arredores. Com isso não cabe aos atletas darem combustível a eles.

Comemorações que acho erradas são aquelas em o jogador sai fazendo gestos obscenos para a torcida, ou que saia atirando com os dedos, ou que levante a camisa, escondendo na hora mais importante da partida o escudo do clube e os patrocinadores que tanto ajudam nas finanças. Torço para Neymar, Robinho, Diego Souza, Armero e companhia comemorarem cada vez mais seus gols de uma forma mais bem humorada e que as pessoas do meio esportivo aprendam a aceitar o novo sem esquecer do passado.

4 comentários:

  1. Hector says:

    Com certeza, viva as comemorações espontâneas e engraçadas, desde que o respeito ao adversário seja mantido, e abaixo as comemorações que de alguma forma incitem a violência entre as torcidas! Po você esqueceu de citar a "Dança da bicicletinha" do Alan no jogo contra o Uberaba no meio de semana pela Copa do Brasil! rsrs... abraço

  1. Também acho errado quando os jogadores, ao comemorarem seus gols, fazem provocações e/ou incentivam a violência... Até mesmo aquelas em que eles fingir estar atirando eu reprovo. Mas adoro as comemorações criativas e "saudáveis"! Afinal é um momento de alegria pro jogador e pra torcida!

  1. O problema é que o futebol está muito melindrado hoje. Se alguém inova nas comemorações já vem gente dizendo que é provocação e coisas do tipo. Acho que cada um deve comemorar do jeito que quiser, desde que não ofenda as torcidas, os jogadores ou que não estimule a violência. Afinal, o gol é o apice do futebol.

    Parabéns pelo blog. Já linkei no meu.

  1. FilipeJMS says:

    Mais um fim de semana e mais um show de coreografias nas comemorações (só o Santos teve 9 diferentes)! E em nenhum momento houve provocação ao adversário, que bom! Assim o futebol não é levado ao extremo da ignorância!