A caminho da Copa

Posted: segunda-feira, 1 de março de 2010 by FilipeJMS in Marcadores: ,
2

Nesta terça-feira (02/03) a seleção brasileira faz seu último amistoso antes da Copa do Mundo 2010. Como todo brasileiro que gosta de futebol, eu também dou meus palpites na seleção do Dunga. É evidente que o nosso treinador tem feito um bom trabalho no comando da seleção, ele assumiu após o fiasco da Copa 2006 e até então coleciona bons resultados. Títulos da Copa América e da Copa das Confederações, classificação sem sustos nas eliminatórias, quebra de escritas que duravam por muito tempo (vitórias incontestáveis no Chile e na Argentina), e resgate do orgulho de vestir a "amarelhinha". O único ponto contra foram as Olímpiadas, o sonho do Ouro Olímpico vai ter que esperar por mais um pouco!!


Era perigoso dar o comando da melhor seleção do mundo para um técnico que nunca antes tinha treinado clube algum, mas o Dunga assumiu com estilo (inclusive em suas roupas) e com promessa de escalar somente os que estiverem em melhor fase, sem se preocupar com nomes e pressões da torcida. No início do trabalho, o Dunga foi até coerente, jogava quem estava em fase melhor em seus clubes. Com o passar do tempo o grupo foi se fechando e nosso treinador foi se contradizendo, nem sempre os melhores jogadores eram convocados, jogadores que estavam atuando em outras posições em seus clubes eram convocados para atuar em suas posições de origem e jogadores que tinham sua confiança eram convocados não importando a fase em que ele estava.


Vamos a algumas contradições: Doni, atualmente, é reserva do Júlio Sérgio na Roma; Michel Bastos e Gilberto jogam de tudo em seus clubes, menos de lateral esquerdo; Julio Batista passou muito tempo na reserva da Roma, só agora aos poucos está voltando ao time titular; Ronaldinho Gaúcho (tudo bem, já teve inúmeras oportunidades na seleção) está "comendo" a bola no Milan, toda semana assistimos gols, assistências e jogadas geniais que só craques sabem fazer; Grafite quando estava em fase muito melhor que agora na Alemanha não era convocado.


Não querendo desmerecer a importância do Júlio Batista na seleção, ele é um jogador que não tem medo de cara feia e quando foi chamado na maioria das vezes correspondeu. Mas em uma eventual fase eliminatória da Copa do Mundo, estando o Kaka suspenso você confia no Julio Batista como o "cérebro" do meio-campo brasileiro? Eu NÃO!!



2 comentários:

  1. Rafaelle says:

    Concordo que o técnico Dunga está fazendo um bom trabalho no comando da Seleção Brasileira. O ponto que não concordo é com a incoerência do treinador, principalmente por não convocar jogadores em melhor momento técnico.
    Digo isso pelo discurso do treinador. Quando Dunga assumiu, ele mesmo disse que convocaria os jogadores pelo o que eles fizessem em seus clubes, no entanto, Júlio Baptista (Roma-ITA), Gilberto Silva (Panathinaikos-GRE), Josué (Wolfsburg-ALE), Doni (Roma-ITA), não vivem bons momentos em seus clubes e há muito tempo. Sabemos que são "homens de confiança" do treinador, contudo o discurso não pode ser mudado. Temos que ter os melhores na melhor seleção do mundo. A poucos dias o treinador Dunga disse que no passado quem decidia um jogo de futebol era Pelé, e que hoje em dia é o grupo, e com isso eu concordo plenamente. O que não concordo é que o grupo tenha essas lacunas depois de 3 anos e meio de trabalho, principalmente um reserva para Kaká, e que essa lacuna não seja preenchida por um simples capricho.
    A Espanha nunca teve Pelé, mas com certeza tem um grupo, hoje, muito melhor do que o do Brasil.
    Pensem nisso.

  1. FilipeJMS says:

    Rafaelle concordo com você! A Espanha tem uma das maiores seleções do momento, se não a melhor!! O poder ofensivo com Xavi, Iniesta, Fabregas, Davi Villa e Fernando Torres é espetacular! O problema da Espanha é a fama de amarelão que eles carregam, ganharam a Eurocopa mas fracassaram na Copa das Confederações!
    Um abraço!!