Fica para o ano que vem

Posted: segunda-feira, 30 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
5

A conquista do eneacampeonato no Grand Prix de vôlei feminino vai ter que esperar mais um ano, nossas meninas ficaram com o vice-campeonato na China. A seleção dos EUA foi a campeã. Este foi o terceiro título das americanas no torneio, ainda faltam cinco para elas alcançarem nossa seleção no topo das maiores vencedoras. A seleção da Itália ficou na terceira posição e completou o pódio na China.

Nas fases de grupo nossa seleção conquistou oito vitórias e apenas uma derrota, com isso chegou à fase final como a primeira colocada na classificação geral e grande favorita ao título. As outras seleções classificadas para a fase final foram China, EUA, Itália, Japão e Polônia. Mas uma mistura de erros bobos, azar e, claro, competência dos rivais tirou nossas chances de trazer o título.

O primeiro joga da fase final foi contra a seleção do Japão e a derrota por 3 x 2 mostrou que não seria fácil. Na segunda partida contra a seleção da Polônia a vitória veio, mas veio junto com a contusão da ponteira titular Mari, contusão que a tirou do resto da competição. O terceiro jogo contra a seleção dos EUA foi a final antecipada. Perdemos a partida por 3 x 2 e também a substituta de Mari na equipe titular. Paula Pequeno como uma contusão no tornozelo também deu adeus à competição. Mas vendemos caro a derrota, prova disso foi o terceiro set, quando as americanas só conseguiram fechar por 30 a 28.

No quarto jogo as adversárias foram as meninas da Itália, única seleção que conseguiu nos vencer na fase de grupos. Com uma atuação impecável, o Brasil venceu por 3 x 0 e chegava vivo na última rodada. Para ser campeão o Brasil precisava torcer para as americanas perderem sem vencer dois sets, mas nossa torcida não adiantou. Os EUA arrasaram a seleção do Japão por 3 x 0 e ficaram com o título. Já sabendo que era impossível ser campeão, o Brasil entrou em quadra e venceu as chinesas também por 3 x 0.

Jaqueline foi eleita a melhor atacante do Grand Prix. Os treinos da seleção feminina de vôlei se voltam agora para o Campeonato Mundial no final de Outubro no Japão. Nossa seleção ainda busca este inédito título! Temos que parar de ver o segundo lugar como o primeiro dos últimos, é claro que nossa seleção tinha condições de ser campeã, mas não deu. Paciência! Mesmo assim PARABÉNS meninas, nosso vôlei agradece! (Foto: GloboEsporte.com.br)

La Liga e Calcio 2010/2011

Posted: sábado, 28 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
2

Fechando as estréias dos principais campeonatos europeus, neste fim de semana começam o campeonato Espanhol e o Italiano. O Espanhol tem a maior quantidade de craques e é conhecido como Liga das Estrelas, já o Italiano, que é conhecido com Calcio, perdeu um pouco de seu nível técnico devido à grave crise financeira que atravessa os principais clubes da Itália.

Na Espanha, Barcelona e Real Madrid reinam no número de conquistas. Real Madrid com 31 títulos é o maior vencedor, seguido do atual bicampeão Barcelona com 20 canecos. Outro clube tradicional da Espanha, o Atlético de Madrid, tem nove títulos. Atlético de Bilbao com oito, Valencia com seis, Real Sociedad com dois e Betis, Sevilla e Deportivo La Coruña com uma cada, completam a lista de vencedores da primeira dvisão do campeonato Espanhol.

Para esta temporada a contratação de maior impacto veio para fortalecer o já forte ataque do Barcelona. O atacante David Villa, autor de cinco gols na Copa 2010, se junta a Xavi, Iniesta e Messi no sistema ofensivo do clube. Outros reforços contratados pelo Barcelona foram o volante argentino Mascherano do Liverpool e o lateral esquerdo brasileiro Adriano do Sevilla. Seu maior rival, o Real Madrid, também se reforçou bem para esta temporada. A principal contratação está no banco, José Mourinho deixou a Inter de Milão após conquistar tudo na última temporada para quebrar a hegemonia do Barça na Espanha. Os principais reforços foram o zagueiro Ricardo Carvalho (ex-Chelsea), o volante Khedira (ex-Stuttgart), e os meias Dí Maria (ex-Benfica) e Ozil (ex-Werder Bremen). Kaká, machucado, desfalca o Real por no mínimo quatro meses.

O Atlético de Madrid manteve sua forte dulpa de ataque Diego Forlán, eleito o melhor jogador da Copa 2010, e Aguero, e contratou o lateral esquerdo brasileiro Filipe Luís do La Coruña. O Deportivo por sua vez trouxe o Morel Rodriguez do Boa Juniors para susbstituir Filipe. Apesar de tantas ofertas, o Sevilla conseguiu segurar, pelo menos por enquanto, o atacante Luis Fabiano, e ele junto dos meias Renato e Jesus Navas prometem dar trabalho aos favoritos. O Villareal ainda conta com os brasileiros Nilmar e Marcos Senna.

Na Itália quem reina na liderança de títulos é a Juventus, a velha senhora já foi campeã 27 vezes. O pentacampeonato seguido, fez com que a Internazionale chegasse a 18 títulos, ultrapassando seu maior rival, o Milan, que tem 17. Outros clubes tradicionais que já conquistaram a Série foram a Roma com três títulos, e a Fiorentina, o Napoli e a Lazio com dois títulos cada.

A Inter não fez nenhuma grande contratação para esta temporada, de destaque podemos citar a apresentação do jovem meia brasileiro Philippe Coutinho (ex-Vasco), que já foi convocado por Mano Menezes para a seleção brasileira. O Milan ainda sonha com o atacante Ibrahimovic do Barcelona, mas enquanto isso deposita suas fichas em Ronaldinho Gaúcho. A Juventus tentando apagar a péssima campanha do ano passado, quando ficou na sétima posição, renovou bastante seu elenco. Vendeu Diego para o Wolfsburg (ALE) e dispensou Cannavaro, mas trouxe Aquilani, que estava no Liverpool, e Simone Pepe, que estava na Udinese. A Roma aparece como mais forte candidato a fazer frente com a Inter, sua maior contratação para a temporada foi Adriano Imperador. A Lazio, que comprou Hernandes do São Paulo, não parece ter forças para competir com os outros grandes.

O campeonato Italiano é atração do Sportv e dos canais ESPN. Já o Campeonato Espanhol passa com exclusividade nos canais ESPN.

16° Mundial de Basquete Masculino

Posted: quinta-feira, 26 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
6

Em busca de voltar a ser uma potência no basquete mundial, nossa seleção começa neste sábado a disputar o 16° Campeonato Mundial de Basquete masculino, dessa vez disputado na Turquia. Serão 24 seleções disputando o torneio, que em termos de importância só perde para a as Olimpíadas. A competição surgiu em 1950, e desde 1970 é disputada em anos de Copa do Mundo de futebol.

A maior vencedora é a extinta Iugoslávia com cinco títulos (1970, 1978, 1990, 1998, e 2002), os americanos, que encantaram com o Dream Team em 1994, possuem três títulos. O Brasil é bicampeão mundial no torneio, conquistando o título em 1959 no Chile e em 1963 no Brasil, mas a última boa campanha foi em 1986 com o quarto lugar. A Argentina possui um título, assim como a atual campeã, a Espanha.

As 24 seleções se dividem em quatro grupos de seis seleções, as quatro melhores de cada grupo passam para as oitavas de final. Depois é mata-mata até chegar à final, quem vence segue na competição e quem perde vai embora para casa. O Brasil está no grupo B, ao lado de EUA, Eslovênia, Croácia, Irã, e Tunísia. Nossa seleção tem condições de passar da primeira fase e apagar a péssima imagem deixada no último mundial, quando fomos eliminados na primeira fase com uma vitória e cinco derrotas.

Os doze convocados por Rubén Magnano foram: Alex Garcia (ala-armador), Anderson Varejão (ala-pivô), Guilherme Giovannoni (ala), JP Batista (pivô), Leandrinho (ala-armador), Marcelinho Machado (ala-armador), Marcelinho Huertas (armador), Marquinhos (ala), Murilo (ala-pivô), Raulzinho (armador), Tiago Splitter (pivô), e Nezinho (armador). Nosso quinteto titular deve ficar com Marcelinho Huertas, Leandrinho, Alex, Varejão e Tiago Splitter.

Temos no comando da nossa seleção um baita técnico, Rubén foi vice-campeão Mundial em 2002 e ouro olímpico em 2004 com a seleção da Argentina. Mesmo com o desfalque de última hora de Nenê, nossa seleção é talentosa e conta com jogadores em grande forma. Tiago Splitter foi eleito o MVP da temporada européia e agora irá disputar a NBA com a camisa do San Antonio Spurs. Anderson Varejão continua no Cleveland Cavaliers e Leandrinho foi envolvido em uma troca entre o Phoenix (seu ex-clube) e o Toronto Raptors. Alex continua decisivo, principalmente na marcação, defendendo as cores do Brasília, atual campeão da NBB, e Marcelinho Huertas já defende a um bom tempo clubes da Europa.

Nosso maior adversário dessa primeira fase é, sem sombra de dúvidas, os EUA. Mesmo sem os destaques da NBA, como Kobe Bryant e Lebron James, os americanos são fortes e contam com o talento do ala Kevin Durant, cestinha da última temporada regular da NBA, do armador Chauncey Billups e do pivô Lamar Odom, entre outros. A estréia da nossa seleção será no sábado contra o Irã às 15h30m, com transmissão do Sportv e dos canais ESPN. (Foto: www.cbb.com.br
)

Pan-Pacífico de natação 2010

Posted: segunda-feira, 23 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
2

Neste fim de semana aconteceu o Pan-Pacífico de natação nos EUA, competição mais importante do ano na natação. A competição tem esse nome porque, inicialmente, era disputada por países que fazem fronteira com o Oceano Pacífico, mas hoje em dia já expandiu seus horizontes, tanto que o Brasil disputou. Com oito medalhas conquistadas em cinco dias de competição, o Brasil fez sua melhor campanha.

Desde o Pan-Americano de 2007 que nossa natação deu um salto de qualidade, conquistando títulos e recordes antes inimagináveis. O maior responsável por esses resultados foi o César Cielo, que desde as Olimpíadas de 2008 mostra que ele é o nadador mais rápido do mundo. No Pan-Pacífico, Cielo não saiu satisfeito com seus resultados. Foram três medalhas, uma de ouro nos 50m de nado borboleta, uma de prata nos 50m livre e outra de bronze nos 100m livre. A de ouro nem era esperada, pois o nado borboleta não é uma de suas especialidades, mas o segundo e o terceiro lugar no nado livre decepcionaram Césão, palavras dele próprio.

É bom o atleta ter a sua autocrítica, ele tem que saber que sempre pode melhorar a sua técnica em alguma coisa. O choro de decepção com o terceiro lugar nos 100m livre mostra que Cielo sabe que pode nadar muito mais e que algo em sua preparação deu errado dessa vez. Com 23 anos, Cielo já é o maior nadador brasileiro da história. Nomes como Gustavo Borges, Xuxa, Ricardo Prado e outros, apesar de terem elevado e muito o nível da natação brasileira, não conquistaram o que Cielo já conquistou.

Outros excelentes resultados no Pan-Pacífico foram o ouro de Felipe França nos 50m peito (competição que desbancou o bicampeão olímpico), a prata de Nicholas Santos nos 50m borboleta, os bronzes de Thiago Pereira nos 200m e 400m medley, e o bronze de Fabíola Molina nos 50m costas. Outros bons nomes passaram em branco, prova que o nível da nossa natação sobe a cada ano.

É bom nossas autoridades esportivas aproveitarem o bom momento da natação e investir mais no esporte, não podem deixar passar despercebido o fenômeno César Cielo, assim como fizeram com o Guga no tênis. Outro dia vi uma reportagem na TV que quando Cielo conquistou o ouro olímpico, as autoridades tinham prometido fazer de Santa Bárbara D’Oeste, terra de Cielo, um pólo na natação brasileira. Piscinas públicas iam ser construídas e jovens carentes iam ter a oportunidade de ter contato com o esporte. Hoje, dois anos depois, a promessa ainda não saiu do papel! (Foto: GloboEsporte.com.br)

Bundesliga 2010/2011

Posted: sábado, 21 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
3

Conhecido como Bundesliga, o campeonato alemão temporada 2010/2011 começou nesta sexta-feira. A Bundesliga não tem os times mais ricos do mundo e nem o mesmo glamour de outros campeonatos, mas após a surpreendente campanha da Copa do Mundo 2010, o mundo vai dar mais atenção a essa nova geração que está surgindo no futebol alemão.

O maior vencedor da história é o Bayer de Munique com 22 títulos, a superioridade do Bayer é tão grande em relação às outras equipes, que nos últimos 12 anos o Bayer levou oito títulos para casa. Nuremberg com nove conquistas, Shalke 04 com sete, Borussia Dortmund e Hamburgo com seis, Borussia Mönchengladbach e Stuttgart com cinco, Kaiserslautern e Werder Bremen com quatro, Hannover 96 com dois, e Wolfsburg e Eintracht Frankfurt com um título cada completam a lista de vencedores do campeonato alemão que irão disputar a temporada 2010/2011. Outro tradicional clube alemão, o Herta Berlim que já conquistou dois títulos, irá disputar a segunda divisão nesta temporada.

O técnico holandês do Bayer de Munique, Louis Van Gaal, não recebeu nenhum grande reforço para essa temporada, mas também não perdeu nenhum de seus destaques que levaram o clube aos títulos do Campeonato e da Copa da Alemanha e do vice na Liga dos Campeões na última temporada. O lateral Philipp Lahm (capitão da seleção Alemã), os meias Schweinsteiger, Ribéry e Robben, e os atacantes Klose, Thomas Muller e Ólic são os destaques do time. Van Gaal tem fama de não gostar de trabalhar com jogadores brasileiros, para essa tempora somente o zagueiro Breno (ex-São Paulo) vai “sofrer” com o técnico holandês.

O clube que mais se reforçou para diminuir a supremacia do Bayer foi o Shalke 04. Do Real Madrid vieram o zagueiro alemão Metzelder e o atacante espanhol Raúl. Muitos acreditavam que Raúl nunca fosse sair do Real, mas o atacante buscando fugir do banco no clube espanhol preferiu um novo desafio para essa temporada. Outro bom valor da equipe é o goleiro Neuer, titular da Alemanha na Copa 2010. O Bayer Leverkusen, do brasileiro Renato Augusto, nos últimos anos tem brigado forte para conquistar seu primeiro título na Bundesliga, e para essa temporada trouxe o Ballack do Chelsea.

Outras equipes fortes para essa temporada são o Werder Bremem, que fechou nessa semana a contratação do volante brasileiro Wesley do Santos, e o Hamburgo do brasileiro Zé Roberto e do atacante holandês Van Nistelrooy. O Wolsfurg, campeão da temporada 2008/2009, confia nos brasileiro Cícero e Grafite para apagar a má impressão deixada com o oitavo lugar na temporada passada. É bom ficarmos de olho do Hoffenhein, mais precisamente no meia brasileiro Carlos Eduardo, jogador que já foi convocado por Dunga e mais uma vez foi lembrado por Mano Menezes para a seleção.

Lembrando que os canais ESPN transmitem a Bundesliga mais uma vez!

A América é vermelha

Posted: quinta-feira, 19 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
4

Pela segunda vez o Internacional pinta a América de vermelho! O clube gaúcho conquistou a Copa Libertadores da América 2010, foi o seu segundo título e o décimo quarto do Brasil na competição. A Argentina ainda está na frente com 22 títulos. Sempre melhor nos 180 minutos, o colorado venceu o Chivas – MEX por 5 x 3 no placar agregado (2 x 1 no primeiro jogo e 3 x 2 no segundo).

Porto Alegre estava no clima da final desde cedo, tanto que foi preciso abrir os portões do Beira Rio quatro horas antes do previsto, e as arquibancadas logo foram se enchendo. O clima frio não espantou a torcida e nem esfriou os ânimos dos jogadores. Ao contrário do primeiro jogo, essa partida foi marcada pelas discussões e pelas entradas bruscas de ambas as equipes. O primeiro tempo foi amarrado, e assim como no primeiro jogo, os mexicanos abriram o placar com um belo gol no final do primeiro tempo. Aos 42 minutos, Fabián aproveitou o passe de seu companheiro, girou na frente da marcação e guardou nas redes coloradas.

Veio o segundo tempo e a história do primeiro jogo também voltou. Aos 16, Rafael Sóbis aproveitou cruzamento de Kléber e, mesmo dividindo com o goleiro mexicano, conseguiu marcar. Foi o primeiro gol do Sóbis desde a sua volta ao Inter, prêmio merecido para o atacante que passou por duas graves contusões no passado. A virada veio aos 30 com o substituto de Sóbis, Celso Roth colocou o jovem Leandro Damião na partida e não se arrependeu. Percorrendo 51 metros, desde o meio campo até a entrada da área, Damião virou o placar para o Inter. No final Giuliano, em bela jogada individual, mostrou mais uma vez que tem estrela e fez seu sexto gol na competição. Nem o gol de Araujo para o Chivas nos acréscimos fez a torcida se calar. É festa no Beira Rio, Internacional Bicampeão da Copa Libertadores da América!

Sem ter espírito esportivo para reconhecer a superioridade do Internacional, o Chivas tentou estragar a comemoração depois do apito final. Uma pequena confusão se instalou no gramado, mas foi logo contornado. Espero que a Comebol não faça vista grossa e puna os jogadores mexicanos.

Não podemos esquecer o trabalho do Jorge Fossati, treinador que deixou o comando do Internacional após a classificação para as semifinais. O confronto das quartas contra o Estudiantes, atuais campeões da Libertadores, foi a maior prova da força do elenco colorado. Celso Roth, após abandonar o Vasco, diminui um pouco a fama de pé frio e finalmente consegue conquistar um título de grande destaque. Agora, o Internacional começa sua preparação para conquistar o bicampeonato Mundial em Dezembro, dessa vez disputado em Abu Dhabi. Já pensou um final entre Internacional (BRA) x Internazionale (ITA)? (Foto: ESPN.com.br)

Parece, mas não é

Posted: quarta-feira, 18 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
5

Quando comecei a escrever no blog, tinha a intenção de uma vez ou outra publicar uma certa dose de humor, afinal é melhor rir na vida do que rir da vida!

Hoje, começo uma nova seção no blog: Parece, mas não é! Para começar o técnico Rogério Lourenço do Flamengo e o Salsicha, personagem do desenho Scooby Doo. Bem, pelo menos eu acho parecido! E vocês? Ehehehe...

Sete antes e sete depois

Posted: segunda-feira, 16 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
4

Antes do campeonato brasileiro começar, havia dito que esse campeonato seria diferente dos últimos anos. A pausa depois da sétima rodada ia permitir que clubes antes mal na tabela se recuperassem, mas também poderia levar outros a perder o pique inicial. E foi exatamente o que aconteceu.

Já foram jogadas 14 rodadas, sete antes e sete depois da Copa. Vamos fazer uma análise do Brasileirão até agora. Na parte de cima, dois clubes mantiveram a regularidade e hoje já abriram pelo menos duas partidas de diferença para o terceiro colocado. Fluminense lidera com 32 pontos, seguido pelo Corinthians com 28. O clube carioca montou um forte elenco, alguns jogadores ainda estão sem sua melhor condição física e outros ainda nem estrearam, e segurou seu técnico, mesmo com o assédio da CBF. Só torço para o Flu não se desgarrar muito na frente, não estou aqui fazendo torcida contra, apenas não quero que o campeonato fique sem graça. O Corinthians perdeu Mano Menezes para a seleção, não consegue contar com a ajuda do Ronaldo e ainda tem a enorme pressão de conquistar um título no ano de seu centenário, mas de pontinho em pontinho se mantém na briga.

Do terceiro ao décimo quarto lugar, apenas cinco pontos os separam. Nesse bolo tem equipes que até então estão fazendo um pós-copa perfeito. O Avaí com a chegada do Antônio Lopes conquistou 14 dos 21 pontos possíveis e o Botafogo com três vitórias seguidas completam o G4. Ainda podemos citar o Internacional, que mesmo em duas competições, pulou do 16° lugar com sete pontos para o sétimo lugar com 20 pontos, e o clube gaúcho ainda tem um jogo a menos. Outro clube que soube aproveitar a parada foi o Vasco, nas sete primeiras rodadas havia conseguido apenas uma vitória, dois empates e quatro derrotas. Com a chegada de PC Gusmão e dos reforços vindo do exterior foram quatro vitórias e três empates, com isso deixou a vice-lanterna para chegar até a nona posição. Apenas o líder Fluminense conquistou mais pontos que o Vasco nessas últimas sete rodadas.

Ceará, São Paulo e Goiás foram os clubes que mais perderam pique. O clube cearense nas sete primeiras rodadas estava na vice-liderança com 17 pontos ganhos, depois conseguiu conquistar apenas quatro pontos, mas ainda se mantém no pelotão de cima. O mesmo não se pode dizer de São Paulo e Goiás, o clube paulista saiu da sexta posição para o 13° e o goiano da sétima para a vice-lanterna. O Goiás foi o clube que menos pontuou desde a Copa do Mundo, foram apenas três pontos.

Outro clube regular é o Atlético-GO, mas é uma regularidade negativa. O clube goiano se manteve na lanterna e vê os outros clubes da zona do rebaixamento se distanciarem cada vez mais. Hoje, já são quatro pontos de diferença para Goiás. Atlético-PR e o Atlético-MG completam os últimos quatro colocados, os clubes melhoraram um pouco a sua pontuação, mas não o suficiente para o tirarem da mesma posição que estavam antes da Copa. (Foto: GloboEsporte.com.br)

Pontapé inicial nos Campeonatos Inglês e Português

Posted: sábado, 14 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
4

Neste fim de semana começa um dos campeonatos mais equilibrados da Europa, o campeonato inglês, também conhecido como Premier League.

O Manchester United e o Liverpool são os recordistas de títulos, cada um tem 18 canecos. Apesar da liderança, desde a temporada 1989/90 que o Liverpool não conquista o título mais importante da Inglaterra. Nesse período de seca, o Manchester venceu a primeira divisão por 12 vezes e se igualou ao Liverpool. Arsenal com 13 títulos, Everton com nove, Aston Villa com sete, e Sunderland com seis completam a lista dos maiores vencedores. O Chelsea só tem quatro conquistas no currículo, sendo três conquistados na era Abramovich (2004/05, 05/06 e 09/10).

Os favoritos são os quatro grandes da Inglaterra, estando o Manchester United e o Chelsea um paço a frente de Arsenal e Liverpool, e mais a nova força Manchester City. Desde que perdeu Cristiano Ronaldo para o Real Madrid, o Manchester procurar um companheiro para Rooney, ano passado as tentativas com Owen e Berbatov não foram bem sucedidas. Para essa temporada a aposta é no jovem mexicano Javier Hernandéz, comprado do Chivas-MEX por oito milhões de euros. O “chicarito” é bom jogador e que foi uma das revelações da Copa 2010.

O Chelsea perdeu muitos jogadores, Joe Cole foi para o Liverpool, Ballack voltou para o futebol alemão, Ricardo Carvalho foi para o Real Madrid, e Deco e Belleti voltaram para o futebol brasileiro. Mas mantiveram o craque Drogba e trouxeram Ramires do Benfica e o meia Yossi Benayoun do Liverpool. Porém o sonho dos “Bleus” ainda é o Neymar do Santos, os ingleses já ofereceram 68 milhões de reais, mas o Santos quer mais.

A melhor notícia para o Arsenal e para o Liverpool foi a manutenção de seus principais jogadores. Fábregas, Gerrard e Fernando Torres estavam na lista de transferência de grandes clubes europeus, como Barcelona, Real Madrid e Chelsea, mas apesar de toda especulação continuam em seus clubes. O mais novo clube rico da Inglaterra, o Manchester City, foi o que mais contratou para essa temporada. Chegaram David Silva, Yaya Touré, Jerome Boateng, Aleksandar Kolarov, e Balotelli. O clube ainda tenta trocar Robinho com o sueco Ibrahimociv do Barcelona. Estes, junto com Tevez e Adebayor, prometem brigar pelo título na Inglaterra nessa temporada.

Além dos cinco citados, Tottenham, Everton e Aston Villa vão dar trabalho para os grandes. O Tottenham, inclusive, estará na Liga dos Campeões. A primeira rodada já tem um grande clássico, Liverpool x Arsenal se enfrentam neste domingo!

Outro campeonato que começa neste fim de semana é o português. Sempre recheado de brasileiros, o campeonato português tem boas atrações, mas não muitas surpresas ao logo de sua história. Em 76 anos de disputa, apenas cinco clubes conquistaram o campeonato. Benfica é o atual campeão e lidera com 32 conquistas, o Porto vem em segundo com 24 e o Sporting em terceiro com 18. Por isso esses três clubes, são sempre os favoritos na disputa. Belennenses e Boavista, com um título cada, completam a lista de vencedores da Primeira Liga.

Conhecido como um trampolim para os grandes centros, o campeonato Português não teve uma contratação de impacto para esta temporada. Existe ainda muita especulação, de concreto podemos citar a contratação do atacante Walter (ex-Internacional) e do meia João Moutinho (ex-Sporting e da seleção portuguesa) pelo Porto, dos argentinos Franco Jara (atacante, ex-Arsenal de Sarandí) e Nicolás Gaitán (meia, ex-Boca Juniors) pelo Benfica, e do goleiro Felipe (ex-Corinthians) e do atacante Élton (ex-Vasco) pelo Braga.

Hoje em dia ficou muito mais fácil acompanhar os campeonatos europeus, os canais ESPN continuam transmitindo os principais jogos do campeonato inglês e o SporTV anunciou a transmissão do campeonato português para esta temporada. Então só nos resta dizer uma coisa: que role a bola!

Inter com uma mão na taça

Posted: quinta-feira, 12 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
8

Na primeira partida da final da Libertadores 2010, o Internacional deu um grande passo para conquistar o bicampeonato da América. Jogando no México e em um gramado não muito comum (o sintético), o colorado derrotou de virada o Chivas por 2 x 1. O adversário tem uma curiosidade, na verdade o Chivas se chama Club Deportivo Guadalajara, Chivas é apenas o apelido do clube, que em espanhol significa bode.

Com um melhor time, o Internacional não se intimidou com a torcida mexicana e foi melhor em toda a partida. No primeiro tempo chegou a mandar duas bolas na trave, primeiro em um chute cruzado do lateral esquerdo Kleber aos quatro minutos, e depois em uma cobrança de falta do Alecsandro aos 29. Parecia que o gol fosse sair a qualquer momento, parecia! Primeiro Alecsandro sentiu um incômodo na perna esquerda e foi substituído pelo jovem Everton. Não entendi o porquê do Roth não preferir o Rafael Sóbis. Depois o castigo veio aos 46 minutos do primeiro tempo. Em uma saída de bola errada, Bravo cruzou na medida e Batista, de fora da área, cabeceou encobrindo o goleiro Renan, foi um golaço.

No segundo tempo a história se manteve, a equipe brasileira melhor na partida, mas ainda atrás no placar. Até que aos 28 minutos, Kleber colocou a bola na cabeça de Giuliano, este com extrema categoria guardou no canto esquerdo do goleiro mexicano. Mais uma vez brilha a esteira de Giuliano nessa Libertadores, após marcar gols importantes contra o Estudiantes e o São Paulo nas fases anteriores, o meia marcou seu quinto gol na competição. A virada veio logo em seguida, após cruzamento de D’Alessandro, Índio cabeceou para a pequena área, e Bolívar não desperdiçou. Até o final da partida o Inter não tomou sustos e apenas tocou a bola, fazendo o tempo passar. Fim de jogo: Internacional 2 x 1 Chivas.

O jogo de volta será na quarta-feira que vem no estádio Beira Rio, e, diferentemente, das fases anteriores os gols marcados fora de casa não serão usados como critério de desempate. Ou seja, o Internacional só perde o título no tempo normal se perder por mais de dois gols de diferença, derrota por um gol leva a disputa para os pênaltis. Com base no jogo de hoje, mas mantendo os pés no chão, a torcida colorada já pode comemorar o bicampeonato da Libertadores. (Foto:GloboEsporte.com.br)

Começa a era Mano Menezes

Posted: segunda-feira, 9 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
6

Amanhã o jogo entre Brasil x EUA em Nova Jersey às 21h (horário de Brasília) marca o início da era Mano Menezes na seleção brasileira. Após a eliminação para a Holanda na Copa, muita coisa mudou na nossa seleção, veio uma nova comissão técnica e uma grande quantidade de jogadores estreantes na seleção. A meta já foi traçada, ganhar a Copa de 2014 em casa, mas antes, em 2012, Mano precisa finalmente conquistar o ouro olímpico, único que título que falta para nossa seleção.

Os jogadores convocados para o amistoso foram: Victor (GRE), Jéferson (BOT) e Renan (AVA) foram os goleiros, Rafael (MUN – ING) e Daniel Alves (BAR – ESP) para a lateral direita, Marcelo (RMD – ESP) e André Santos (FEN – TUR) para a lateral esquerda, Thiago Silva (MIL – ITA), David Luiz (BEN – POR), Henrique (RST – ESP), e Réver (ATL-MG) para a zaga, Sandro (INT), Hernanes (LAZ – ITA), Lucas (LIV – ING), Ramires (BEN – POR), Éderson (LYON – FRA), Carlos Eduardo (HOF – ALE), Paulo Henrique Ganso (SAN), e Jucilei (COR) para o meio de campo, e Neymar (SAN), André (DIN - UCR), Robinho (MCT – ING), Alexandre Pato (MIL – ITA) e Diego Tardelli (ATL-MG) foram os atacantes. Com a classificação para a final da libertadores, o volante Sandro do Internacional foi desconvocado por Mano Menezes.

Achei interessante essa nova lista, principalmente os novos volantes. Saem os apenas marcadores tradicionais da era Dunga, e entram volantes com qualidade no passe. Destaco também a convocação do David Luiz, zagueiro técnico que saiu cedo do Vitória da Bahia e brilha no Benfica de Portugal ao lado do Luisão, muitos dizem que deveria ser o David Luiz presente na Copa 2010 e não o Luisão. O zagueiro é alvo de cobiça de grandes clubes europeus nessa pré-temporada. Finalmente veremos Neymar e PH Ganso com a camisa da seleção, principalmente este último, jogador técnico e de muita precisão que fez falta na Copa 2010.

A renovação prometida após o fracasso na Copa já veio nessa primeira convocação. Foram dez caras novas e apenas quatro jogadores que estiveram na África do Sul, é claro que muitos dos presentes na Copa 2010 ainda têm vaga na seleção, mas é sempre bom ir testando novas opções. Outros jogadores foram convocados já com a intenção de formar uma forte seleção pré-olímpica.

Sem termos que disputar as eliminatórias Sul-Americanas para a Copa, espero que dessa vez a CBF marque mais amistosos que acrescentem qualidade e testem a nossa seleção e não apenas aumente o já rico patrimônio da confederação. (Foto: GloboEsporte.com.br)

Chegou a vez das meninas

Posted: sábado, 7 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
4

Depois de verem os homens conquistarem o eneacampeonato da Liga Mundial de Vôlei, as meninas do Brasil não querem ficar para trás. Neste fim de semana começou a trajetória feminina no Grand Prix, a versão feminina da Liga Mundial de Vôlei. Se no futebol a falta de tempo para treinar é sempre uma das maiores reclamações de todos os técnicos, nosso técnico da seleção feminina de vôlei, José Roberto, não tem o que reclamar. Depois de três meses apenas treinando no Centro de Treinamento em Saquarema (RJ), a seleção brasileira finalmente vai para o jogo.

Apesar de ser a versão feminina da Liga Mundial, o Grand Prix tem suas particularidades. Uma delas é que não existem grupos fixos, nas três semanas da fase preliminar as seleções se alternam nos grupos, em cada semana elas estão em um grupo diferente. Nesse primeiro fim de semana da competição, o Brasil está no grupo A, ao lado das seleções de Taiwan, Itália e Japão, e mandará seus jogos em São Carlos (SP).

Semana que vem o Brasil jogará em Macau, na China, contra as donas da casa, a Holanda e a República Dominicana. Na semana de 20-22 de Agosto, o Brasil jogará contra Taiwan, Polônia e Porto Rico, e os jogos serão disputados em Taiwan. As cinco melhores seleções da primeira fase se juntam a seleção da China, dona da casa, e fazem as finais na última semana de Agosto.

A estréia foi ontem contra a fraca seleção de Taiwan, e nossas meninas não tiveram dificuldades em fechar a partida em 3 sets a 0 (25/15, 25/19 e 25/12). Hoje as adversárias foram as meninas do Japão, e novamente veio um 3 x 0 com facilidade (25/20, 25/19 e 25/20). O jogo mais aguardado desse primeiro fim de semana acontece amanhã às 9h30m contra a Itália.

Se no masculino Brasil e Itália dominam a liga, o mesmo não se pode dizer no feminino. Criada em 1993, o Grand Prix já acabou oito vezes nas mãos da nossa seleção (1994, 1996, 1998, 2004, 2005, 2006, 2008, 2009), a segunda seleção com mais títulos é Rússia com apenas três conquistas. Cuba e EUA, cada uma com dois títulos, e China e Holanda, com um título cada, completam a lista de vencedores do Grand Prix feminino de Vôlei. (Foto: GloboEsporte.com.br)

Santos campeão da Copa do Brasil 2010

Posted: quinta-feira, 5 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
5

O melhor time do primeiro semestre no Brasil confirmou a sua superioridade neste início de segundo semestre. Após levar o Campeonato Paulista em uma final disputada contra o Santo André, a equipe santista levou a melhor no confronto contra o Vitória e conquistou o inédito título da Copa do Brasil. De quebra se garantiu como o primeiro time classificado para a Copa Libertadores 2011.

Apesar do péssimo estado do gramado, o Barradão estava pronto para a batalha. Lotado em todos os setores, o caldeirão do Vitória esperava engolir o peixe e reverter o placar de 2 x 0 construído pelo Santos na semana passada. A equipe baiana começou bem a partida, conseguia sufocar o Santos e ia com tudo em busca do primeiro gol. Foi ae que Robinho entrou em ação, e com a bola debaixo dos braços pediu aos meninos da vila que não se desesperassem e que tocassem a bola. O pedido foi prontamente atendido e o jogo ficou equilibrado.

Schwenck, Júnior e Elkeson desperdiçavam boas oportunidades para o Vitória, já o Santos chegava com perigo, mas não chutava ao gol do colombiano Viáfara. Aos 44 minutos do primeiro tempo, Neymar precisou de duas chances para colocar a bola na cabeça do zagueiro Edu Dracena, este não desperdiçou e abriu o placar. No início do segundo tempo era nítida a expressão de desânimo dos jogadores do Vitória, mas mesmo assim a equipe baiana demonstrou raça e em nenhum momento se entregou. O zagueiro Wallace aproveitou passe de Ramon e empatou a partida aos 12 minutos. Ainda deu tempo para o ataque Júnior virar o placar aos 32 minutos, mas ficou só nisso. Fim de jogo: Vitória 2 x 1 Santos (2 x 3 na soma dos placares).

A equipe baiana demonstrou raça nesta final, aquele gol de falta sofrido no final da primeira partida ainda machuca o coração dos baianos. Agora é voltar as atenções para o campeonato Brasileiro, competição que está na décima terceira posição. Já o Santos quer repetir o feito do Cruzeiro de 2003 e conquistar a tríplice coroa, mas não terá a ajuda do atacante André (já está vendido para o Dínamo Kiev – UCR) e provavelmente do Robinho, que dificilmente será emprestado novamente pelo Manchester City. Mas é bom a equipe santista começar a ser mais profissional, antes que as confusões bobas de fora de campo atrapalhem o rendimento dentro das quatro linhas. (Foto: LANCENET.com.br)

Vitória de Webber e show de Rubinho

Posted: segunda-feira, 2 de agosto de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
7

Uma semana após a polêmica frase dita pela equipe Ferrari para o Felipe Massa no GP da Alemanha, que resultou na vitória do espanhol Fernando Alonso, todas as atenções estavam voltadas para a dupla dos carros vermelhos, mas foram Mark Webber da Red Bull e Rubens Barrichello da Willians que roubaram a cena no GP da Hungria.

Um ano antes o GP da Hungria foi marcado pelo acidente com a mola que bateu no capacete do Felipe Massa, acidente que tirou o piloto brasileiro do resto da temporada. Devido às atuais circunstâncias, acredito que Massa lembrou apenas por pouco tempo desse episódio. Durante todo o fim de semana Massa disse que não iria aceitar nova ordem da Ferrari para deixar Alonso o ultrapassar, disse que se tal circunstância se repetisse ele iria ganhar a corrida. Mas a quarta posição no GP impediu esse duelo direto.

O vencedor da corrida foi o australiano Mark Webber. Tido como segundo piloto da Red Bull, o australiano chegou à sua quarta vitória no ano e também a liderança do Mundial com 161 pontos. Fernando Alonso e Sebastian Vettel completaram o pódio na Hungria. A disputa pelo título do mundial ainda está em aberto, Lewis Hamilton, que abandou na Hungria, vem em segundo com 157 pontos. Vettel com 151 pontos, Jenson Button com 147, Alonso com 141, e Massa com 97 pontos completam a lista dos primeiros colocados.

Nesse ano, uma das novidades nas regras na F1 foi a extensão da conquista de pontos em cada corrida até a décima posição. Pode parecer pouco, mas o único pontinho conquistado por Rubens Barrichello na Hungria com seu décimo lugar representou muito. Em uma briga na pista e desleal por parte do alemão Michael Schumacher, Rubinho deu show de coragem e um espaço mínimo entre o carro do alemão e o muro, conseguiu a mais bela ultrapassagem da corrida (e acredito que do ano também) e ganhou a posição no braço. Pela manobra irresponsável, Schumacher foi punido pela FIA com a perda de 10 posições no próximo grid de largada.

A F1 entra em um período de descanso nas próximas três semanas, o próximo GP será apenas no dia 29 de Agosto na Bélgica. (Foto: GloboEsporte.com.br)