Fim das oitavas de final

Posted: terça-feira, 29 de junho de 2010 by FilipeJMS in Marcadores:
5

Mais uma seleção confirmou seu favoritismo, após perder na estréia graças ao acaso (com todo respeito à Suíça, mas aquele gol deles foi um dos lances mais bizarros dessa Copa), a Espanha se junta a outras sete seleções nas quartas de final da Copa do Mundo 2010. Em um dos confrontos mais equilibrados das oitavas, a Espanha venceu Portugal e segue em busca de sua ascensão para o grupo de seleções do primeiro escalão mundial.

No estádio Green Point na Cidade do Cabo, apareceu novamente a estrela de David Villa. O novo atacante do Barcelona tentou de tudo quanto é jeito furar a meta portuguesa, mas só conseguiu aos 17 minutos do segundo tempo, em impedimento (vale ressaltar que o lance era bem mais complicado do que os erros contra Inglaterra e México) o atacante recebeu passe de Xavi e precisou de duas tentativas para marcar seu quarto gol no Mundial. Villa, Vittek (EVQ) e Higuaín (ARG) dividem a artilharia da Copa.

A Espanha dominou o jogo e só não fez um placar maior graças a tarde/noite inspirada do goleiro português Eduardo, talvez por isso ele tenha sido o jogador que mais sofreu com a eliminação de Portugal, após o jogo companheiros e adversários foram consolar o português. Portugal em quatro jogos nesta Copa venceu um, empatou dois e perdeu um, marcando sete gols no torneio (todos no jogo contra a Coréia do Norte) e sofrendo apenas um, o do David Villa nas oitavas. A seleção de Carlos Queiróz não chegou com status de favorita ao título, mas esperava-se mais dos lusitanos, principalmente de Cristiano Ronaldo, que estava mais preocupado em se olhar no telão do que jogar bola.

Mais cedo Paraguai e Japão se enfrentaram querendo fazer história, seria a primeira participação de qualquer uma das duas seleções nas quartas de final de uma Copa do Mundo. E após 120 minutos e nove cobranças de pênaltis, Paraguai passou de fase. Espanha e Paraguai jogam no sábado às 15h30m em busca de uma vaga nas semifinais.

Pela primeira vez na história das Copas, a América do Sul terá mais representantes nas quartas de final do que a Europa. Uruguai x Gana, Brasil x Holanda, Argentina x Alemanha, e Paraguai x Espanha, quatro sul-americanos, um africano e três europeus. É difícil, mas todas seleções sul-americanas podem passar e fazer o duelo das semifinais. (Foto: GloboEsporte.com.br)

5 comentários:

  1. No fundo Portugal é igual a Suiça ... excessão feita aos 7 a 0 atípicos ... eles não tomam gol e também não fazem, não fizeram em três dos quatro jogos ... isso só prova que não adianta ter um defesa primorosa .. um único gol muda tudo.

    A Espanha joga muito, talvez não tanto como em 2008, mas eles merecem estar na final ... um possível jogo na semifinal contra Argentina ou Alemanha será incrível .....

  1. ah sabia que Espanha ia passar
    mas bem que Portugal poderia te passado
    tá dando uns medinhos de Espanha
    e vai pegar Paraguai ainda, certeza que passa
    mas como esse Copa está cheia de Zebras né
    vai saber D:

    ow seu blog é maneiro
    e tá falando de Copa Copa.. o meu também
    dá um entrada lá e me add no orkut e no twitter
    legal manter contato com pessoas que falam do mesmo assunto ;)

    abras
    e parabéns pelo blog.

  1. Ron Groo says:

    Portugal é pra mim a maior farsa da história do futebol. Este Cristiano Ronaldo gosta é de aparecer em comerciais de TV, bater ferrari, aparecer em telão de estádio... Mas jogar bola ele não sabe.

    E a Espanha joga aquilo lá? Toquinho, toquinho... Contra um time morto como `Portugal estava era dia pra cinco, seis... E nem adianta falar que o Brasil não fez nenhum, oras... E o que valia aquele jogo?

  1. É... Oitavas sem maiores surpresas, passou quem todos achavam que ia passar!
    Mas eu confesso que estava torcendo por Portugal, esperava ver mais futebol vindo deles, mas não deu...
    Quem sabe na próxima, neh???

    Beijooo (Gabriela)

  1. Agora o bicho pega pra valer. Uma pena tanto time bom de um lado só da chave. Entre os excelentes Espanha, Argentina e Alemanha só um estará na final. Um pecado da bola. Não só acho, como torço para que desses três citados saia o campeão, pelo grande futebol apresentado.

    Abraços e sds vascaínas!